Bibliografia Geográfica de Santa Catarina 1500-1960, Editora Insular

R$56,00

Bibliografia Geográfica de Santa Catarina 1500-1960
[16 X 23 cm]

Bibliografia Geográfica de Santa Catarina 1500-1960
Índice de Autores - Índice por Assunto – Índice Onomástico – Índice Toponímico
Autora: Marly A. F. B. Mira
ISBN: 978-85-7474-547-3
Codigo de barras: 9788574745473
Ano: 2011
Paginas: 464
Peso: 685g

Esta é a mais completa bibliografia geográfica já publicada sobre Santa Catarina. Um guia de fontes de informação de 1500 a 1960, com uma precisa e concisa sistematização através de índices que orientam a busca de estudantes, professores, pesquisadores e demais interessados.
O Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina − em mais uma co-edição com a Editora Insular − disponibiliza mais uma extraordinária obra de referência.
Desta feita o mais relevante levantamento sistematizado da produção geográfica catarinense, realizado pela Dra. Marly Mira. Uma investigação que abrange desde o início da colonização brasileira pelos europeus até o ano de 1960, quando a Universidade Federal de Santa Catarina começa a proceder os primeiros registros, inclusive com o advento da informatização já nos anos sessenta. A obra se desenvolve com uma lista de abreviaturas e índices de autores, de assuntos, onomástico e toponímico, facilitando o acesso de todos aqueles que buscarem nestas páginas subsídios para suas investigações.

A Doutora Marly Anna Fortes Bustamante Mira foi professora da Universidade Federal de Santa Catarina e é Sócia Emérita do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina.

Apresentação

Geografia é uma palavra que reflete não somente os atributos físicos e antrópicos do planeta Terra, mas traz, impregnada em sua constituição, significados outros, principalmente para aqueles que se dedicam ao seu estudo, acompanhando o seu desenvolvimento ao longo do tempo. A geografia, em si, carrega o seu próprio conceito de cultura, e a cultura da geografia faz parte da vida de seus estudiosos.
A Dra. Marli A. F. B. Mira, dedicada e competente professora da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, já aposentada, nunca deixou de viver essa cultura geográfica. Sócia do IHGC desde 1980, deixou as lides do ensino em sala de aula desde há muito, mas não deixou a geografia – apenas mudou a fórmula do “viver a geografia”.
No IHGSC vem desenvolvendo diversas atividades, seja na participação direta em sua diretoria, seja em reuniões ou eventos pertinentes como colaboradora.
Solicitada pela presidência do IHGSC para produzir levantamento sistematizado da produção geográfica catarinense desde o início da colonização brasileira pelos europeus, a Professora Marli Mira de pronto atendeu. Destarte, respondeu com uma produção digna de sua qualificação e dedicação profissional, resultando no presente volume, o qual abrange a produção geográfica sobre Santa Catarina, seja por autores catarinenses ou de outras terras (inclusive estrangeiros), desde 1500 até 1960, ano que considerou como limite para o fecho de seu trabalho.
O período de abrangência referido se justifica pelo surgimento de uma nova produção já dentro dos padrões de registro por meios ditos modernos – a informática marcou presença já nos anos sessenta –, incluindo o fato de que o estabelecimento da UFSC, por exemplo, já ensejava, por si só, o aparecimento de um banco de informações através do Departamento de Geociências e da edição de publicações específicas.
O volume ora apresentado – Bibliografia Geográfica de Santa Catarina: 1500-1960 – é fruto de um esforço extraordinário, creditando à sua autora os louros de um importante aporte referencial para aqueles que se dedicam, principalmente, aos estudos de natureza geográfica.
Tenho a honra de, finalmente, expressar à Dra. Marli Mira, minha professora de Geografia da População na UFSC, meus mais profundos agradecimentos pelo convite que me fez para fazer esta apresentação, o que me deixou orgulhoso e confiante na grandeza e na capacidade do ser humano quando, mesmo após ter cumprido seu ciclo de trabalho profissional, segue em frente e brinda a sociedade com um evento de tamanha ordem.
A qualificação e a importância do presente volume certamente o inscreveu no rol dos grandes produtos da geografia catarinense, transferindo aos interessados um importante material de consulta, como já foi dito, ampliando também, de forma significativa, a gama de material disponível para pesquisa, trazendo ainda grande economia de tempo para os futuros usuários.
O volume se estrutura com uma lista de abreviaturas, um índice de autores, um índice por assuntos, um índice onomástico e um índice toponímico. Tais atributos soam de grande valia para os estudiosos da matéria, sejam seus interesses em quaisquer das temáticas abrangidas pela geografia, sendo necessário dizer que o trabalho também será de grande utilidade para historiadores e cientistas de outras áreas.
A lista de abreviaturas, muitas das quais já não mais existentes ou vigentes, simplesmente extintas ou substituídas por outras, se constitui em importante ferramenta para os que buscam informações sobre as instituições/órgãos e suas publicações, principalmente na era da Internet.
Já o índice de autores, com quase 2.300 entradas, ocupando a maior parte do volume, se constitui no cerne das contribuições propostas pelo trabalho. Neste particular, embora a maior parte das obras se refira a contribuições do século XX, há um significativo número delas referentes aos séculos anteriores.
Todas as contribuições foram, ainda, sistematizadas num índice por assunto, alcançando 28 diferentes áreas. Tal aparato facilita ao investigador científico quando de suas buscas por temas específicos, poupando-lhe tempo e aumentando sua produtividade.
O índice onomástico facilita sobremaneira a busca e a localização dos autores, guiando o investigador para a exata página em que se encontram as contribuições pertinentes. Encerrando o volume vem o índice toponímico, de grande valor para os que se propõem à investigação dos fatos geográficos.
A terra catarinense, que teve diferentes dimensões ao longo do tempo, e outras terras distantes, mas que tiveram relação com Santa Catarina, foram redescobertas pelo valioso trabalho da Dra Marli Mira através da Bibliografia Geográfica de Santa Catarina – 1500-1960.
A sociedade está de parabéns, a geografia ficou mais enriquecida, e o Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina marcou um tento nos seus objetivos de contribuir para o enriquecimento da cultura e da ciência catarinense e brasileira.

Florianópolis, 17 de junho de 2010.
Geógrafo Augusto César Zeferino, Ph.D.


Prefácio

Santa Catarina percorrida, inventariada, descrita e estudada nos seus aspectos naturais e humanos desde os primeiros anos da descoberta do território brasileiro, por aventureiros, exploradores, navegadores, viajantes, religiosos, governantes e cientistas, resultou num acervo de documentos, multifacetado no conteúdo e nos temas abordados.
Organizar esses “escritos”, cobrindo fontes de informação de 1500 a 1960, em uma coletânea bibliográfica, é a finalidade deste livro, em que se pretende mostrar como era visto e pensado o território catarinense.
Da simples descrição dos habitantes, seus usos e costumes, à enumeração dos acidentes geográficos e do levantamento de potenciais riquezas, chega-se ao conhecer e explicar a paisagem catarinense, e este guia de fontes de informação, que é a bibliografia, serve, muitas vezes, como instrumento para estudiosos, pesquisadores e demais interessados no que se escreveu sobre Santa Catarina.
Ao procurar resgatar referências geográficas sobre Santa Catarina procura-se chamar a atenção para que se recupere a memória geográfica, local e regional.
Este repertório bibliográfico estruturou-se por autores em ordem alfabética, que foram organizados, para facilitar o acesso, em índices remissivo, de assunto, onomástico e toponímico.
Por não se tratar de obra definitiva, mas antes uma amostra do dinamismo e da pluralidade do repertório geográfico sobre Santa Catarina, inevitáveis falhas e omissões podem ocorrer.

Comentários

Categorias
Administração (29)
Administração Universitária (11)
Agronomia (8)
América Latina (45)
Anarquismo (8)
Antropologia (14)
Automotivação (26)
Avaliação Universitária (16)
Biblioteconomia / Ciência da Informação (5)
Biografia (69)
Biologia (5)
Ciências Sociais-> (74)
Cinema (2)
Coleção Debate Social (2)
Coleção Jornalismo Audiovisual (6)
Coleção Jornalismo e Acontecimento (4)
Coleção Jung sai pra rua (2)
Coleção Linguística (5)
Coleção Pátria Grande (4)
Coleção Pedrinho (3)
Coleção Pensadores da Pátria Grande (4)
Coleção Segurança Pública (3)
Comunicação / Jornalismo (165)
Contestado (12)
Contos (26)
Crônica (28)
Cultura (5)
Desenvolvimento Regional (3)
Direito-> (67)
Ecologia / Meio Ambiente (32)
Economia (26)
Educação (95)
Enfermagem (3)
Engenharia / Arquitetura-> (16)
Espiritualismo (15)
Esporte (10)
Estudos Culturais (12)
Estudos em Jornalismo e Mídia (9)
Ficção Cientifíca (6)
Filosofia (9)
Florianópolis / Santa Catarina (63)
Futebol (8)
Geografia (25)
Gerenciamento (3)
História (144)
Humor (3)
Infantojuvenil (10)
Jornalismo (3)
Jornalismo/crônicas (3)
Linguística (35)
Literatura (118)
Matemática (3)
Neurolinguística (1)
Nutrição (6)
Permacultura (1)
Poesia (59)
Política (47)
Psicologia (11)
Radiotividade (2)
Relações Internacionais (11)
Religiosidades (15)
Romance (36)
Saúde (23)
Segunda Guerra Mundial (6)
Segurança Pública (10)
Série Comunicação Audiovisual (2)
Série Construindo a Tradução (2)
Série Estudos Culturais (6)
Série Estudos de Língua de Sinais (3)
Série Jornalismo a Rigor (12)
Série Jornalismo e Sociedade (5)
Série Mundos Paralelos (2)
Série Tecnologia Social (5)
Serviço Social (4)
Sociologia-> (35)
Tecnologia Social (3)
Teoria da Decisão (1)
Transporte (4)
Urbanismo (5)
VESTIBULAR-> (7)
Pesquisa rápida
 
Utilize palavras chave para pesquisar livros.
Pesquisa avançada
Compartilhar o livro